Tratamento de DTM

A articulação temporomandibular (ATM) está localizada à frente do ouvido e é responsável pelos movimentos executados pela mandíbula. Condições como artrite, estresse, tensão muscular e bruxismo podem provocar desgastes, responsáveis pelo surgimento das disfunções de ATM (DTM).
Embora, na maioria dos casos, não se saiba a causa definitiva do problema, as DTMs possuem fatores de risco. Entre eles estão o uso prolongado de aparelhos ortodônticos, má postura, estresse, má alimentação e falta de sono.
O problema é mais frequente em mulheres com idades entre 20 e 40 anos, mas pode ocorrer com qualquer pessoa. O principal indicativo de uma alteração na ATM é o estalido (clique), normalmente acompanhado por dor de cabeça, face, pescoço, olhos e dentes.

Sintomas
São inúmeros os sintomas que caracterizam os problemas da ATM, o que inclui:
• Barulho próximo à orelha ao abrir ou fechar a boca;
• Dificuldade para mastigar;
• Dores de cabeça na região da testa, fundo dos olhos e nas têmporas;
• Zumbidos ou dores de ouvido;
• Tonturas e vertigens;
• Sensação de travamento na mandíbula;
• Desgaste dental excessivo.

Tratamentos
Os tratamentos de ATM têm como objetivo reduzir a dor, restabelecer a função mandibular confortável, limitar a recorrência da dor e devolver o padrão de vida normal o mais rapidamente possível. Para isso, o paciente pode ser submetido às seguintes soluções:
• Uso de placas ortodônticas de mordida;
• Aparelhos ortodônticos;
• Reposição de dentes ausentes;
• Reabilitação protética;
• Fisioterapia reposicionadora;
• Laserterapia
• Medicação específica (analgésico, anti-inflamatórios, relaxantes musculares, etc);
• Artroscopia de ATM (procedimento cirúrgico minimamente invasivo via vídeo).